26.09.2018 | 11h28

Centro em disputa

“Os candidatos dos partidos de Lula e de Levy Fidelix (o do Aerotrem) deverão buscar a diferença no mar dos disponíveis, ambos procurando afastar a imagem de radicais. O centro não foi à campanha, mas Bolsonaro, com 46% de rejeição e Haddad, com 30%, tentarão buscá-lo”, escreveu Elio Gaspari na Folha.

Para o colunista, no segundo – se mantido o cenário indicado pelas pesquisas de intenção se voto -, Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) terão de lutar pelos votos do centro. Se sairá melhor aquele que conseguir se vender e convencer o eleitor com uma versão menos extrema e mais light.


VOLTAR PARA O ESTADÃO