08.08.2018 | 19h44

40% dos presos no Brasil são provisórios

O número foi apresentado pela ministra Cármen Lúcia, presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), na tarde de terça, 7. Alagoas é o Estado campeão desse tipo de prisão, com 64,4% dos encarcerados sem condenação. A população carcerária hoje no Brasil é de 602 mil pessoas.

Pelo menos duas ações no Supremo que tratam da prisão após condenação em 2.ª instância aguardam julgamento na Corte. Em abril, durante julgamento de um HC de Lula, o plenário manteve, por 6 votos a 5, a possibilidade do início do cumprimento da pena antes de esgotados os recursos.


Mais conteúdo sobre:

CNJCármen Lúcia
VOLTAR PARA O ESTADÃO