18.09.2018 | 10h06

1989 é aqui

O colunista Alvaro Costa e Silva indica aproximações entre os principais candidatos da disputa presidencial das eleições de 1989 e da atual. Também aponta as diferenças entre as duas corridas presidenciais, como a existência, hoje, das redes sociais como plataforma eleitoral.

“O novo é o protagonismo de um vice que até ontem usava farda. Depois da facada, o general Mourão resolveu mostrar a verdadeira cara. Enquanto bancava o pensador eugenista do século 19, elencando negros e índios como fatores de atraso para o país, não era levado a sério. Mas agora ele propõe uma Constituinte formada por notáveis que não precisariam ser eleitos. Na mesma linha, Bolsonaro volta a falar em fraude no processo eleitoral, sem apontar um fato concreto”, escreveu na Folha.


VOLTAR PARA O ESTADÃO