11.07.2018 | 12h20

SP acéfala com Covas na campanha?

O PSDB teme sofrer ainda mais desgaste que o já causado pela renúncia de João Doria Jr. à Prefeitura de São Paulo diante da decisão do prefeito Bruno Covas de coordenar a campanha de Geraldo Alckmin no Estado. O partido teme que a população da capital tenha a sensação de que a cidade foi deixada acéfala pelo PSDB em nome dos projetos eleitorais de seus caciques.

O time de Doria foi contrário a que Covas aceitasse o convite, mas Alckmin foi “muito incisivo”, segundo interlocutores tucanos. O candidato ao governo teme que a sensação de abandono da cidade maximize a corrosão de seus índices de intenção de votos na cidade depois de deixar o mandato com apenas um ano e três meses. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO