12.06.2018 | 10h30

Rosário não foi presente do Papa a Lula

O Vaticano esclareceu que o terço entregue ao ex-presidente Lula na carceragem da Polícia Federal não era em nome do Papa Francisco, mas sim um presente pessoal do advogado argentino Juan Grabois. “Como tantos outros, é um terço abençoado e distribuído em inúmeras ocasiões. A visita era pessoal e não em nome do Papa”, afirma o Vaticano no Twitter.


Na segunda-feira, 11, o site e as redes sociais do ex-presidente afirmavam que o rosário havia sido enviado pelo Papa.

Mais conteúdo sobre:

Papa FranciscoLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO