07.06.2018 | 20h17

‘Partidos não levam mulheres a sério’

Enquanto são maioria na sociedade, as mulheres ocupam apenas 10% dos assentos do Legislativo brasileiro. “O principal gargalo são os partidos”, afirma Luciana Ramos, professora da FGV que participa nesta sexta, 8, do Hackathon Appartidarias 2.0, em São Paulo.

A pesquisadora da área de mulheres e política destaca ainda a questão do financiamento. “Elas recebem menos e captam menos que os homens. Os partidos não levam as mulheres a sério”, afirmou.


Mais conteúdo sobre:

HackathonLuciana RamosFGV
VOLTAR PARA O ESTADÃO