15.06.2018 | 17h21

Negras podem ter cotas na eleição

Metade da cota do fundo eleitoral destinada para mulheres pode ir para candidatas negras. Um grupo de 16 parlamentares protocolou no TSE uma consulta pedindo para a Corte estudar a medida. O documento foi elaborado pela ONG Educafro. A entidade (e os parlamentares) justificaram o pedido alegando “racismo estrutural” no pleito. A informação é do Estadão.

No mês passado, o TSE decidiu que 30% do fundo eleitoral seja utilizado em campanhas de mulheres nas eleições deste ano. Caso a medida seja aprovada, 15% dos recursos provenientes do fundo de cada partido irão para negras.


VOLTAR PARA O ESTADÃO