16.05.2018 | 13h51

Delfim defende Temer

O economista Delfim Netto defende o governo Temer e lista diversos fatores para justificar derrotas do presidente em texto publicado na Folha.Para o economista, Temer ainda não conseguiu aprovar a reforma da Previdência, por exemplo, por culpa do “enorme poder do corporativismo”.

Outras derrotas do governo ficam na conta da Câmara. “O comportamento da Câmara tem piorado ao longo de 2018. Todas as medidas propostas por Temer para facilitar a vida do seu sucessor estão enroladas”, escreve Delfim.


VOLTAR PARA O ESTADÃO