14.06.2018 | 06h35

‘Cartola’ partidário ganha até R$ 27 mil

Um presidente de partido no Brasil ganha salário de até R$ 27 mil. Mais que governadores de Estados como São Paulo, por exemplo.

Os dados constam de prestação de contas dos partidos ao TSE, obtidos pelo Estadão. O campeão dos salários é o desconhecido Ovasco Resende, do obscuro PRP. Carlos Siqueira (PSB) e Roberto Jefferson (PTB) também integram o topo da pirâmide: recebem R$ 25 mil e R# 23 mil, respectivamente.


VOLTAR PARA O ESTADÃO