13.06.2018 | 07h49

À espera da TV

A candidatura de Geraldo Alckmin vai poupar suprimentos daqui até o início da campanha na TV. A intenção até lá é escapar ao fogo amigo e costurar alianças. Mas o esperado crescimento nas pesquisas ainda vai demorar.

Em sua coluna na Folha, Bruno Boghossian analisa a estratégia tucana de sobrevivência –fruto mais da falta de opções que de um cálculo requintado, escreve ele.


VOLTAR PARA O ESTADÃO