16.05.2018 | 17h47

A culpa é do Gilmar?

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do STF, Luiz Fux, disse nesta quarta-feira, 16, que a culpa pelo não cumprimento da Lei do Voto Impresso é de seus antecessores.

Em audiência com os senadores Lasier Martins (PSD-RS) e João Capiberibe (PSB-AP), Fux disse que a licitação das impressoras de voto para as urnas eletrônicas não foi feita a tempo. Ele evitou responsabilizar diretamente o ministro Gilmar Mendes, que o antecedeu no cargo, mas declarou: “Se estivesse na presidência da Corte há cinco anos, este problema não teria ocorrido.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO